Quais são as diferenças entre o trabalho de um arquitecto e de um designer de interiores?

Запросити цiну

Неправильний номер. Будь ласка, перевірте код країни, префікс та номер телефону
Натиснувши Відправити, я підтверджую, що прочитав Політика конфіденційності і погодився, що моя вищезазначена інформація буде оброблена, щоб відповісти на мій запит.
Примітка. Ви можете скасувати вашу згоду, надіславши по електронній пошті privacy@homify.com, яка буде діяти на майбутнє.

Quais são as diferenças entre o trabalho de um arquitecto e de um designer de interiores?

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
 Багатоквартирний будинок by DR Arquitectos ,
Loading admin actions …

Construir ou remodelar uma casa ou um espaço tem que se lhe diga. Para o projecto correr da melhor maneira, devemos fazer-nos acompanhar de profissionais competentes em todas as áreas. É certo que há pessoas com algumas noções de construção, de bricolagem e a quem não falta bom gosto, mas não é menos verdade de que a intervenção de um especialista é uma mais-valia e faz toda a diferença no fim, mais não seja nos detalhes.

No entanto, para contratarmos os profissionais certos, temos que saber exactamente aquilo que cada um faz. Há áreas que se cruzam em alguns pontos, o que pode tornar difícil o processo de escolha de uma equipa antes de se encetar um projecto.

Hoje, damos-lhe conta das principais diferenças entre um arquitecto e um designer de interiores.

Tome nota.

1. O background

A diferença entre estes dois profissionais começa logo pelo background. Os arquitectos, para o exercício da profissão, devem ser formados em Arquitectura, sendo que o curso deve ser reconhecido pela Ordem. Por outro lado, os designers de interiores devem, como o próprio nome indica, possuir formação em Design de Interiores. Apesar de parecer uma informação óbvia – e é, até certo ponto – vale sublinhar que estes profissionais alteram estruturalmente os espaços (de formas diferentes, a saber mais à frente), pelo que será impensável não terem conhecimentos técnicos aprofundados. Disto isto, antes de contratar um arquitecto ou um designer de interiores, indague sobre o currículo e experiência de cada um.

2. A área de actuação de um arquitecto

Os arquitectos são os únicos profissionais que possuem as habilitações necessárias para o desenvolvimento de um projecto de arquitectura. Estes profissionais são as pessoas indicadas para o acompanhar ao longo de todo o processo, desde a fase burocrática e de escolha do terreno à assistência à obra. Por norma, os arquitectos podem coordenar uma equipa de especialistas que integra os próprios designers de interiores, os engenheiros, os arquitectos paisagistas, os electricistas e canalizadores, entre outros. Os arquitectos ajudam os clientes a encontrar soluções para os problemas e conseguem olhar para além do óbvio e do imediato, encontrando diferentes hipóteses e possíveis futuros. Com criatividade e engenho, são capazes de projectar edifícios e espaços que aliem a estética à funcionalidade. Note-se, além do mais, que um edifício bem projectado ganha outro valor e maximiza o seu investimento, na medida em que se reduzem os gastos com a água, a electricidade, o gás e a manutenção de uma forma geral.

3. A área de actuação de um designer de interiores

Os designers de interiores actuam, como o nome sugere, nos interiores dos edifícios. Para chegar aos resultados desejados, os designers de interiores têm em conta os revestimentos, o esquema cromático, a iluminação, o posicionamento do mobiliário, a ergonomia, os tratamentos para as janelas, a decoração e o layout dos espaços. Os designers de interiores podem intervencionar estruturalmente um ambiente, mas estes arranjos nunca são tão profundos como os executados pelos arquitecto. Uma alteração estrutural comum passa, por exemplo, pela demolição de uma parede para criar um open space.

Os designers de interiores debruçam-se sobre projectos residenciais, mas também são contratados com frequência para melhorar os ambientes das empresas e de espaços comerciais como, por exemplo, hotéis, cafés, lojas ou restaurantes. Este trabalho é essencial para atrair clientes para estes espaços.

4. Como se processa o trabalho de um arquitecto?

Cada arquitecto terá o seu método de trabalho, mas é importante os clientes conhecerem as diferentes etapas do processo para perceberem se está tudo a decorrer dentro da normalidade.

O arquitecto começa por se reunir com o cliente para discutir as expectativas do mesmo em relação à obra e ao orçamento. Depois, por norma apoiado em softwares 3D, apresenta o projecto, tendo em conta os códigos de construção e os regulamentos. Após aprovado pelo cliente, o arquitecto finaliza os contratos com as equipas de construção para que se possa, enfim, pôr mãos à obra. O arquitecto deverá, também, visitar o local da obra com regularidade para inspeccionar o progresso.

Realçamos, porém, que há clientes que, após feito o projecto, se responsabilizam pela execução do mesmo.

5. Como se processa o trabalho de um designer de interiores?

O trabalho de um designer de interiores não se desenvolve de forma muito diferente. Estes profissionais também se começam por encontrar com os clientes para discutir as expectativas dos mesmos para os espaços. Depois desta fase, estão em condições de apresentar algumas propostas acompanhadas por um orçamento. Se necessário, podem-se fazer alterações ao projecto com vista a ajustá-lo ao que o cliente pretende e ao orçamento. Os softwares 3D – que permitem que se tenha uma imagem muito realista do resultado – são fundamentais nesse sentido. Encetado o projecto, o designer de interiores responsabilizar-se-á pela contratação de construtores, marceneiros, carpinteiros, electricistas, entre outros profissionais. É, aliás, normal que já tenha uma equipa montada com a qual costuma trabalhar. O trabalho dos designers de interiores inclui a ida a lojas para a aquisição de peças de mobiliário e de decoração e escolha de revestimentos. Há clientes que fazem questão de acompanhar os profissionais e de se imiscuírem nas escolhas. Outros há que delegam todas estas tarefas.

6. Devo escolher um arquitecto ou um designer de interiores?

Se vai construir uma casa de raiz ou fazer uma remodelação complexa, deve contratar um arquitecto. Para dar um novo élan a um espaço sem que sejam necessárias alterações estruturais de fundo, um designer de interiores é o profissional indicado.

 Будинки by Casas inHAUS,

Потрібна допомога з проектом оселi?
Зв'язатися!

Відкрийте для себе натхнення!